Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Representes da Copersucar se reúnem com vereadores para apresentar projeto do dutovia
Início do conteúdo da página
Notícias

Representes da Copersucar se reúnem com vereadores para apresentar projeto do dutovia

Publicado: Segunda, 05 de Maio de 2014, 14h49 | Última atualização em Sábado, 04 de Junho de 2016, 18h12

dsc 8724_20140506_1853175129Os representantes da Copersucar, o engenheiro civil e segurança do trabalho Renato César Scandinari, diretor de relações institucionais Rodrigo Navarro e o gerente de comunicação corporativa  Guilherme Pena, estiveram reunidos na manhã do dia 28 com os vereadores para esclarecer o projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de Paulínia, de autoria do Executivo, que concede uso do subsolo  para instalação de dutovia que interligará a Replan a Copersucar.

Os representantes esclareceram as dúvidas dos parlamentares e explicaram sobre o projeto do terminal de etanol. A finalidade do dutovia é viabilizar o transporte de forma eficiente e segura do etanol reduzindo o transporte rodoviário.

Para as obras do dutovia a Câmara Municipal de Paulínia precisa autorizar o Executivo conceder a concessão administrativa do uso do subsolo para instalação do dutovia.

A empresa precisa dessa autorização para dar início das obras, segundo os representantes à previsão de inauguração do terminal é até final do ano.  

O terminal de armazenamento de etanol terá capacidade de 180 milhões de litros de combustível. Estima-se arrecadação de impostos federais e municipais R$ 1,7 milhão/ano referente a ISS e R$ 3,1milhões/ano referente a PIS/Cofins.

Um dos pontos questionados pelos vereadores foi quanto à geração de empregos. Rodrigo Navarro explicou que serão criados empregos diretos e indiretos, mil durante a fase de obras, 50 diretos durante operação e 300 indiretos. E na segunda fase de obras darão preferência para moradores de Paulínia, havendo a necessidade qualificarão a mão de obra.  A questão ambiental também esteve em pauta entre outros, representantes explicaram que tem licença de instalação da Cetesb com planos de ações.    

 Participaram da reunião os vereadores Angela Duarte (PRTB), Custódio Campos (PT), Danilo Barros (PCdoB), Doutor João Mota (PT), Du Cazellato (PP), Fábio Valadão (PROS), Marquinho Fiorella (PP), Sandro Caprino (PRB), Siméia Zanon (PROS) e Tiguila Paes (PRTB).  

O projeto de lei entra em pauta para votação na 8ª sessão ordinária realizada no dia 06 de maio. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página