Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > João Mota sugere pesquisa para identificar depressão entre idosos
Início do conteúdo da página
Notícias

João Mota sugere pesquisa para identificar depressão entre idosos

Publicado: Sexta, 28 de Abril de 2017, 11h35 | Última atualização em Sexta, 28 de Abril de 2017, 11h35

IMG_7634 (Copy).jpgO vereador João Mota (PSDC) apresentou três Indicações durante a 7ª Sessão da Câmara de Vereadores de Paulínia, na noite desta terça-feira, 25. Entre elas, pede ao Executivo que identifique dentre os pacientes idosos da rede pública de saúde os índices de depressão, através da Indicação 353/17.

Preocupado com a qualidade de vida desta parcela da população, João Mota justifica que muitas vezes o diagnóstico correto nos idosos é difícil por ser confundido com outras doenças da velhice, preconceito e até negligência de familiares. Por isso, o acompanhamento pelo SUS seria tão importante, desde o início dos sintomas, a fim de promover mais qualidade de vida à população idosa, que cresce a cada ano.

 A depressão é uma das principais doenças que atingem os idosos, quando percebem declínio na produtividade, surgimento ou agravamento de doenças e perda de entes queridos. Na Indicação João Mota explica que a depressão é frequente em todas as fases da vida, estimando – se que cerca de 15% dos idosos apresentem alguns sintomas depressivos e cerca de 2% tenham depressão grave. Esses números são ainda maiores entre os idosos internados em asilos ou hospitais.

“Depressão não é apenas uma tristeza passageira, diante de um fato adverso da vida. A pessoa apresenta uma tristeza profunda e duradoura, acompanhada de desânimo, apatia, desinteresse, impossibilidade de desfrutar dos prazeres da vida. Não se interessa pelas atividades diárias, não dorme bem, não tem apetite, muitas vezes tem queixas vagas como fadiga, dores nas costas ou na cabeça. Aparecem pensamentos ruins, como ideias de culpa, inutilidade, desesperança; nos casos mais graves podem ocorrer ideias de suicídio”, conta trecho do documento, que pode ser conferido no site www.camarapaulinia.sp.gov.br

registrado em:
Fim do conteúdo da página