Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Valadão é autor de projeto que pede alfabeto em LIBRAS em locais com grande movimentação
Início do conteúdo da página
Notícias

Valadão é autor de projeto que pede alfabeto em LIBRAS em locais com grande movimentação

Publicado: Sexta, 24 de Novembro de 2017, 15h55 | Última atualização em Sexta, 24 de Novembro de 2017, 15h55

fabio 2017.jpg 

Overeador Fábio Valadão (PRTB) comemorou a aprovação de mais um Projeto de Lei de sua autoria durante a 19ª Sessão Ordinária da Câmara no começo de novembro. O PL 69/17 trata da disponibilização de placas com o alfabeto em Libras (Língua Brasileira de Sinais) em escolas, creches, hospitais e demais locais com grande concentração de pessoas para promover a comunicação da comunidade surda e ouvintes. A iniciativa foi amplamente citada e elogiada pelos colegas, principalmente porque o assunto está em evidência em todo o país, devido ao tema da redação do Enem 2017 sobre formação educacional dos surdos.

O PL foi aprovado em segunda discussão e segue para a sanção do prefeito. “A ideia também é difundir a língua para todos que tenham interesse em conhecer e aprender para facilitar a comunicação, consequentemente inclusão”, defende o autor do projeto. Que já pediu até cursos de Libras e Braile na grade curricular do ensino municipal, ainda no primeiro mandato, em 2013.

Outro ponto relacionado à acessibilidade, de autoria do peeretebista na pauta da 19ª sessão, é o requerimento 430/17, que cobra do Executivo a adequação de guias, calçadas de prédios públicos, seguindo as normas de acessibilidade, indicada por ele e enviada ao prefeito em maio.

Cidadania   

A sessão do dia 7 de novembro foi marcada pela presença dos jovens vereadores, que acompanharam os parlamentares e aprenderam sobre o sistema de votação e a dinâmica de uma sessão acalorada, na noite do dia 7. O plenário estava repleto de servidores municipais interessados na votação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, portanto os jovens vereadores tiveram uma plateia atenta e sentiram a emoção das discussões de assuntos sérios.

A presença dos jovens vereadores está contemplada no Programa Pequeno e Jovem Cidadão, encabeçada por Fábio Valadão (PRTB) que não mediu esforços para ver realizado esse sonho desde o primeiro mandato. “A política é a arte do diálogo e de somar e hoje estamos aqui celebrando mais uma etapa do programa que envolve cidadania, democracia e respeito. Esses jovens estão sentindo na pele a responsabilidade de representar com coerência e respeito seus eleitores”, defendeu Valadão, elogiado pelos demais colegas pela iniciativa.

Os jovens sentaram ao lado dos parlamentares e aprenderam sobre a pauta, inscrição no painel eletrônico do plenário e falaram algumas frases de protocolo por seus tutores. No discurso próprio a ideia de gratidão e responsabilidade foi unânime entre os estudantes. “Isso aqui não é brincadeira, nada mais é que um exercício para orientar os jovens sobre as escolhas do futuro, tanto como eleitores como políticos, caso queiram essa carreira”, pontuou Valadão. Ao final os 15 vereadores mirins receberam uma cópia do Regimento Interno da Casa de Leis para estudo. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página