Câmara muda sessão para 17h30 e votação de projetos será mais dinâmica

A Câmara de Paulínia começa a implantar uma série de mudanças para tornar as sessões ordinárias mais dinâmicas e atrativas à população. A partir da próxima terça-feira (31/8), o início será 1 hora mais cedo, às 17h30, e a discussão dos projetos passará a ser o primeiro assunto da pauta.

Todas as propostas (exceto mudanças na Lei Orgânica do município) terão discussão única: não será mais preciso debatê-las em duas oportunidades: legalidade e mérito, como ocorria anteriormente. Requerimentos e moções serão sempre discutidos em bloco (exceto se algum vereador solicitar votação específica).

A palavra livre dos vereadores vai para o encerramento. Cada parlamentar terá 15 minutos, improrrogáveis, para abordar temas que julgar relevantes. As alterações foram sugeridas pelo presidente da Casa, Fábio Valadão, e publicadas em 17 de agosto na Resolução 283/2021.

[av_font_icon icon=’ue817′ font=’entypo-fontello’ style=” caption=” link=” linktarget=” size=’20px’ position=’left’ animation=” color=” id=” custom_class=” av_uid=’av-v3o69z’ admin_preview_bg=”][/av_font_icon]

PAUTA DIGITAL

A Câmara também passa a divulgar cartazes pela cidade com um resumo da pauta legislativa em formato de QR-Code, uma espécie de código de barras que pode ser lido pelo celular. O objetivo é ampliar a transparência do Poder Legislativo e estimular os cidadãos a conhecerem as propostas em andamento, com consumo reduzido de papel, seguindo diretrizes do programa Câmara Verde.

O Plenário está aberto ao público, com capacidade limitada a 85 lugares (40%). É possível acompanhar as sessões ao vivo no site institucional, no perfil da Câmara no Facebook e no canal do Legislativo no YouTube.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo