Complexo Vicente Amatte precisa ter vigilância para evitar danos, diz Ney da Van

Complexo Vicente Amatte precisa ter vigilância para evitar danos, diz Ney da Van

Atos de violência, vandalismo e mau uso das instalações do Complexo Vicente Amatte, no centro de Paulínia, fizeram o vereador Ney da Van (PMN) sugerir que a Prefeitura escale equipe fixa de vigilância no centro de esportes.

“Tem chegado ao nosso conhecimento informações de que servidores desta unidade vêm sofrendo desconforto por parte de indivíduos mal intencionados”, afirma o autor na Indicação 734/2019. Ele relata que já foram registrados casos de violência, além de pessoas que entram nas piscinas com roupas e até usam a área para fazer churrasco.

O vereador também cobrou informações do governo municipal sobre o destino de materiais comprados pelo município para a construção do projeto Manto de Cristal – uma espécie de pirâmide coberta por vidro, que ficaria em cima de prédios no centro da cidade.

Segundo o Requerimento 451/2019, muitas peças sem uso estão expostas a céu aberto, passando por deterioração, quando poderiam ser reaproveitadas em outras obras públicas.

Ney ainda assinou pedidos de iluminação na rua 6, no bairro João Aranha; semáforo no cruzamento da avenida Nove de Julho com a rua Santa Cruz, no centro; outro semáforo na avenida Alexandre Cazelatto (esquina com a avenida Prof. Benedito Montenegro), no bairro Betel; e reparo na grelha da boca de lobo localizada na avenida José Paulino.

[av_font_icon icon=’ue801′ font=’cmp’ style=” caption=” link=” linktarget=” size=’20px’ position=’left’ color=’#000000′ av_uid=’av-adyhg’ custom_class=” admin_preview_bg=”][/av_font_icon]

MAIS DETALHES
Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete (MTB nº 56.928/SP)
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Prefeitura de Paulínia
Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo