Danilo Barros defende direito de quem quer pagar tributos em lotéricas

O fim do pagamento de taxas e tributos municipais em casas lotéricas, anunciado em fevereiro deste ano, fez o vereador Danilo Barros (PR) pedir que a Prefeitura estude formas de permitir que essa opção volte a existir. Pela regra atual, o serviço só está disponível em alguns bancos e por meio de caixas eletrônicos e internet banking.

Para o vereador, porém, a novidade desconsidera quem não tem conta bancária, acesso à internet ou celulares compatíveis com aplicativos. Diminuir as possibilidades de recebimento, atrapalha a vida dos munícipes e desestimula o pagamento em dia, conforme a Indicação 153/2019, apresentada na 3ª Sessão Ordinária de 2019.

“Sabemos que o mundo caminha em direção à revolução digital e que financeiramente os bancos economizam quando deixam de disponibilizar atendentes e conseguem resolver problemas pela internet ou pelo autoatendimento. Entretanto, não são todos que acompanharam estas mudanças e muitas vezes até a falta de saber ler prejudica estes processos”, diz.

Já na 4ª Sessão Ordinária, Danilo sugeriu que o governo municipal firme parceria com instituições para reformas nos bancos das praças do município; melhore a sinalização de cruzamentos; instale lombofaixa na Avenida Osvaldo Piva, no Jardim Primavera, e ainda retome as aulas de Zumba que eram promovidas no Ginásio de Esportes Itália Botasso Calegari, na Avenida dos Expedicionários.


Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete (MTB nº 56.928/SP)
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagem: Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo