Edilsinho propõe comissão para discutir nova ponte entre Centro e João Aranha

Construir uma ponte sob o Rio Atibaia interligando a área central à região do João Aranha é fundamental para a cidade, pois o atual acesso único prejudica moradores e gera trânsito sofrível nos horários de pico. É o que afirma o vereador Edilsinho Rodrigues (PSDB) ao sugerir que a Prefeitura crie uma comissão para acompanhar o processo administrativo sobre o tema, com reuniões mensais.

O grupo seria formado por servidores de carreira, um representante do Crea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia), secretários municipais e, caso possível, participação ou acompanhamento de um membro do Ministério Público. Para Edilsinho, a iniciativa permitiria maior celeridade das providências e evitaria obstáculos ou mudanças de rumo nas trocas constantes de prefeito que têm ocorrido em Paulínia.

“As prioridades da cidade precisam ter seus processos iniciados e continuados, independente quem seja o prefeito. Cada prefeito que entra acha que a ponte tem que ser feita de uma maneira e em um determinado lugar”, justifica o autor do Requerimento 127/2019.

O vereador também cobrou informações do governo municipal sobre o acolhimento de jovens que passaram pela Casa Abrigo. No Requerimento 126/2019, ele relata que quem atinge a maioridade precisa deixar a instituição, pois já é considerado independente.  “Além da falta de apoio financeiro, eles são abalados pela ruptura repentina do convívio com os funcionários e colegas do abrigo. Mas como iniciar uma vida independente com apenas 18 anos, um histórico de abandono familiar, baixa escolaridade e sem dinheiro até para se alimentar?”, questiona.

A ideia é que a Prefeitura crie um projeto de repúblicas temporárias para acolher essas pessoas, “na forma de instituições com uma verba que cubra as despesas, como água, luz, alimentação e até transporte para os jovens terem como procurar emprego e conquistarem a sua independência e uma vida mais digna”.

Edilsinho ainda assinou propostas de criação do protocolo de recusa (quando cidadãos não conseguem atendimento na rede pública municipal de saúde); cobrando informações sobre a ligação entre as avenidas José Pedro de Oliveira e Geraldo Ballone, no bairro Jardim América, e solicitando lista de contratos de aluguéis de imóveis ocupados pela Prefeitura.


Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete (MTB nº 56.928/SP)
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo