Loira pede melhorias ao bairro Recanto das Águas e informações sobre a implantação de um SAMU animal

O Recanto das Águas é objeto da Indicação 1350/2019, de autoria de Antônio Miguel Ferrari, o Loira (DC), que pede atenção da administração Municipal para o local. Na propositura, o vereador propõe melhorias no bairro visando atender solicitações dos moradores do local.

De acordo com o texto da proposta, a população do bairro sofre com a falta de asfaltamento, o que faz com que os moradores convivam com poeira constante, o que agrava os problemas respiratórios, principalmente na época do ano, em que a umidade do ar cai drasticamente, ou então com lama devido a época de chuvas. A falta de uma iluminação pública adequada também é alvo de reivindicação.

Pensando na segurança e tranquilidade de quem pratica atividades físicas, em especial corrida e caminhada, Loira na Indicação 1349/2019 solicita ao Executivo a construção de uma pista de caminhada que começaria na Avenida Osvaldo Piva, passando nas avenidas José Lozano Araújo e Juscelino Kubitschek de Oliveira e terminando na Avenida Antonio Baptista Piva, em frente a um posto de gasolina.

A medida visa atender o grande número de praticantes de caminhada, ciclismo e corrida que utilizam o local para desenvolver suas práticas esportivas e também como forma de incentivo ao esporte, já que os profissionais da saúde afirmam que a caminhada é um dos exercícios mais indicados para adultos e que o esporte ameniza vários distúrbios de saúde.

Já no Requerimento 818/2019, Loira cobra informações referente sua Indicação 1176/2017, em que solicitava a criação do Programa Samu Animal na cidade, para atender animais em situação de risco e deveria contar com uma ambulância equipada para o transporte de animais feridos por atropelamento, maus-tratos e gravemente debilitados por doenças.

O programa é semelhante ao do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para pacientes humanos, haja vista que o atendimento animal cumpre o mesmo procedimento de resgate e transporte, evitando assim que os pacientes sofram traumas adicionais caso não sejam corretamente imobilizados durante o socorro.

 

Texto: Thiago Henrique
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo