img 8489_20140212_1790747161

Marquinho Fiorella sugere recadastramento dos munícipes para atendimento na UBS

img 8489_20140212_1790747161O artigo 196 da Constituição Federal estabelece que saúde seja um direito de todos, e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. Uma das indicações do presidente da Câmara, Marquinho Fiorella (PP), apresentada na 8ª sessão ordinária, realizada no dia 06, refere-se à saúde, como forma de amenizar um dos problemas que é o grande número de prontuários nas unidades.

Fiorella sugeriu ao Executivo recadastramento dos munícipes para atendimento médico nas UBS’s (Unidade Básica de Saúde). O presidente justifica seu pedido alegando que as UBS têm aproximadamente 200 mil prontuários, e segundo o último censo demográfico, a população do município, gira em torno dos 92 mil habitantes.

“A lógica nos mostra que o número de cadastros excede, em muito, o de habitantes. Desta forma, faz-se necessário um recadastramento para que a população do município não seja prejudicada pelo atendimento de pessoas que vêm de outras cidades da região e estados, aumentando drasticamente o número de atendimentos médicos, bem como gastos com medicamentos e outros serviços”, comenta. 

Ainda com base no censo demográfico o edil fez uma indicação ao Prefeito Municipal, Edson Moura Junior (PMDB), a realização de um censo demográfico no município, distribuído por região, conforme Lei de divisão territorial, com a finalidade de referência para o planejamento de políticas públicas.

O município de Paulínia teve seu território dividido em regiões através da Lei nº 3265, de 01 de março de 2012, de autoria do edil Marquinho Fiorella, para facilitar o planejamento das obras e serviços públicos, bem como direcionar a localização geográfica dos bairros.

Para o vereador a realização do censo demográfico por região tem por finalidade fornecer referência para um planejamento direcionado e específico, promovendo em cada bairro as melhorias necessárias, de acordo com a necessidade populacional de cada região, obedecendo critérios de infraestrutura, número de habitantes  e obras específicas.    

Em outra indicação o parlamentar pede a manutenção ou troca das coberturas e proteção dos pontos de ônibus existentes em toda a extensão da Avenida José Paulino.

De acordo com Fiorella a maioria dos pontos de parada de ônibus existentes em toda a extensão da avenida encontra-se sem coberturas, deixando a população desprotegida em relação ao sol e chuva. Além da proteção, a imagem do centro da cidade fica prejudicada, pois passa uma impressão de abandono contrastando com a intensa circulação que há nesta via central.

O presidente também sugeriu ao Executivo o reflorestamento da reserva florestal existente entre os bairros Jequitibás e Parque das Árvores, com plantio de árvores frutíferas destinadas a alimentação dos pássaros.

Foto: Claudia Arantes 

           

 

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo