Câmara aprova programa de arborização urbana e campanha contra queimaduras

Os vereadores de Paulínia aprovaram, nesta terça-feira (19/9), proposta para implementar o Programa Municipal de Arborização Urbana. A ideia é distribuir espécies de mudas pela cidade e promover ações educativas, além de melhorar a gestão das áreas verdes.

Para virar lei, o projeto do vereador Pedro Bernarde (Cidadania) aguarda sanção do prefeito. Segundo o autor, “a arborização em áreas urbanas é fator predominante para melhor qualidade de vida dos cidadãos e é a garantia de um ambiente ecologicamente equilibrado”.

A Câmara também aprovou o Junho Laranja, mês para discutir sequelas graves de queimaduras e evitar casos. Se o texto for sancionado, o município deverá promover eventos, capacitar profissionais e divulgar campanhas para a população prevenir queimaduras.

O autor, vereador Fábio da Van (Cidadania), ressalta que medidas simples são importantes: deixar os cabos de panelas voltados para dentro do fogão; manter produtos de limpeza fora do alcance de crianças e utilizar protetores de tomadas, por exemplo.

Por iniciativa do vereador Fabio Valadão (PL), foi homenageado o Clube de Desbravadores, iniciativa internacional com mais uma sede em Paulínia, vinculada à Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Já o vereador Helder Pereira (PL) usou a tribuna para se manifestar contra a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação, tema que deve entrar na pauta do Supremo Tribunal Federal. O assunto foi debatido na 31ª Sessão Ordinária.

CONSULTE O RESUMO DA PAUTA.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo