Vereadores aprovam Farmácia Solidária para auxiliar cuidadores de animais

A Câmara de Paulínia aprovou na terça-feira (24/10) o programa Farmácia Veterinária Solidária: a população poderá doar medicamentos de uso veterinário, sem uso, e a Prefeitura destinará a quem precisa, como animais resgatados da rua e donos sem condições financeiras.

O projeto, do vereador Messias Brito (PL), vai para análise do prefeito. Se virar lei, os beneficiários serão famílias de baixa renda cadastradas; protetores de animais; organizações não governamentais (ONGs) credenciadas e animais sob cuidados do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal (DPBEA).

Messias destaca que o programa evitará doenças que podem afetar inclusive a saúde humana, auxiliando no combate às zoonoses.

Os vereadores também aprovaram iniciativa para proibir a oferta de animais como prêmios ou brindes em eventos comemorativos, sorteios e rifas. Segundo o autor, Alex Eduardo (Solidariedade), a prática é comum e acaba levando ao abandono de muitos cães e gatos.

Ainda foi aprovada a Semana Municipal de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio, próxima ao dia 10 de setembro, conforme proposta do vereador Fábio da Van (Cidadania).

A 36ª Sessão Ordinária contou com 25 Requerimentos (cobrança de medidas ou informações), 22 Moções (congratulações, aplausos ou repúdios) e 50 Indicações (sugestões).

CONSULTE O RESUMO DA PAUTA.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo