tiguila

Tiguila pede aumento da frota de ônibus e cessão de locais abandonados a entidades

Preocupado com a situação das associações não governamentais da cidade, o vereador Ademilson Jeferson Paes, o Tiguila Paes (PPS), propôs ao Executivo a cessão dos prédios públicos em situação de abandono a associações sem fins lucrativos.

Para o vereador, esta medida poderia sanar dois problemas: ocupação de prédios públicos que estão se deteriorando e conseguir sedes para entidades que prestam trabalhos socioeducativos, culturais ou esportivos.

Um caso emblemático, segundo o vereador, é o antigo postinho do Jardim Planalto que está abandonado há anos e tem atraído usuários de drogas e marginais, causando desconforto e insegurança aos moradores da região.

“Uma cidade como Paulínia tem recursos suficientes para fazer funcionar plenamente todo o seu conjunto de prédios públicos e colocá-los, direta ou indiretamente, para servir a população, sobretudo, a que mais precisa”, afirmou Tiguila.

 

tiguila

 

Transporte público

Tiguila Paes também observou que o transporte coletivo de Paulínia precisa ser melhorado. As reclamações mais comuns dos usuários são o tempo de espera nos pontos e a superlotação, ambos ocasionados pelo pequeno número de ônibus em circulação pela cidade.

Segundo o levantamento da Secretaria Municipal de Transporte (Setransp) de 2013, a média é de 27,5 mil usuários do ônibus por dia, o que corresponde a aproximadamente 30% da população estimada atual do município.

Tiguila observa que a frota de ônibus não acompanhou o aumento da população nesses dois anos, prejudicando seriamente a qualidade do serviço prestado à população principalmente nos chamados horários de pico, quando “muitos passam pelos pontos sem parar e o usuário chega a esperar até uma hora pelo transporte”.

Frente a esses problemas enfrentados pela população, o vereador pede ao Executivo, através da Secretaria Municipal de Transportes, providências urgentes junto à empresa Passaredo, para que esta faça um aumento significativo da frota de ônibus.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo