Vereador Estudante representa Paulínia em evento em Brasília

Na campanha eleitoral que fez no colégio montou suas propostas baseada na valorização da escola como bem da comunidade e para a realização do Torneio Interclasses de Futebol. No currículo do vereador mirim está a façanha de ter conquistado vários presentes do país árabe. Ele disse que enviou uma carta a um dos homens mais ricos do Catar contando do seu sonho de ser goleiro profissional, o que demonstra muita força de vontade por parte do garoto. A relação com o país começou em dezembro de 2016, depois que ele acompanhou notícias de que o sheik Tamim bin Hamad bin Khalifa Al Thani, esteve em Chapecó para prestar apoio as famílias dos atletas do Chapecoense, Júlio César enxergou no sheik um possível canal para realizar seu sonho. “Vi que ele foi até lá e se dispôs a ajudar jovens atletas. E então pensei: se está disposto a ajudá-los, porque não poderia me ajudar também?”, relatou o jovem. Ele se informou sobre como a carta chegaria ao destinatário e mandou para a Embaixada do Catar, em Brasília, pedindo um par de luvas para os treinos.

Em março deste ano recebeu uma caixa repleta de presentes. “Nós nem acreditamos. Na caixa tinha tudo que um goleiro precisa e tudo em dobro. Duas chuteiras, dois pares de luva, shorts, camisa térmica… Junto com a caixa, uma carta trouxe uma mensagem de encorajamento assinada pelo embaixador senhor Mohammed Al-Hayki, em nome da família real do Catar”, disse Natália Pimenta, mãe de Júlio César.

Além do Sheik, Júlio César também enviou uma carta para a Motorola, pedindo apoio. No dia 6 de dezembro foi chamado para retirar o par de luvas na fábrica da marca, em Jaguariúna. “Quando chegamos lá, demos de cara com Aranha, goleiro da Ponte Preta, que me entregou, além das luvas e do restante do uniforme, uma chuteira personalizada com meu nome e assinada por ele. Foi muito emocionante”, falou o jovem.

A mãe é só orgulho. “Ele é um menino de ouro, melhor que eu em tudo e me ensina muito sobre a vida, a ser persistente, a seguir os sonhos e agir com calma nas horas difíceis. Ele é muito sensato e responsável, muito maduro para a pouca idade e eu só tenho a agradecer a Deus pelo filho maravilhoso que tenho”, se derrete a mãe que ainda afirma que ele é referência entre os alunos.

“Vale a pena correr atrás do que queremos. Isso é só o começo”, finaliza, emocionado, o futuro goleiro Júlio César.

Pequeno e Jovem Cidadão

O projeto é de autoria da Mesa Diretora composta por Du Cazellato (PSDB), Fábio Valadão (PRTB) e Flávio Xavier (PSDC) e já elegeu 15 estudantes para comporem a primeira Câmara Mirim da cidade. Em breve novas sessões serão realizados com a participação dos vereadores jovens.

Valadão é o parlamenar padrinho de Júlio Cesar enquanto ele estiver participando do Projeto Pequeno e Jovem Cidadão. 

WhatsApp Image 2017-12-08 at 12.28.05.jpeg

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo