IMG_0066 (Copy).jpg

Zé Coco quer bolsistas estagiando na Prefeitura

IMG_0066 (Copy).jpg 

O vereador Zé Coco (PV) pediu ao Executivo que crie um programa de estágio para que os beneficiados com a programa Bolsa Educação, prestem serviços nas secretarias da Prefeitura de Paulínia, por meio da Indicação 936.

Segundo o vereador o programa teria dois objetivos. Permitir que os estudantes pratiquem o que estudam nas faculdades e universidades e também aumentar o número de colaboradores da Administração, melhorando o atendimento ao público, suprindo possíveis carências.

“Se temos por exemplo 10 bolsistas estudantes de engenharia, porque não aumentar o corpo técnico de Obras? O que queremos é desenvolver o estudante e a melhor forma é a prática”, comentou Coco.

Homenagem ao Pitota

Zé Coco em homenagem ao finado Pitota, pediu que o campo de futebol do bairro Serra Azul leve seu nome.

Pitota faleceu em 2001, depois de atuar por anos junto ao esporte e pelo carnaval da cidade, além de trabalhar na Rhodia, sendo um dos primeiros funcionários da empresa.

“Registrar e homenagear os paulineneses que merecem é uma forma justa de manter nossa história viva”´, disse Zé.

IPTU Zero

Outro pedido do vereador é a criação do programa IPTU Zero, que envolveria os comerciantes da cidade, visando fortalecer a economia local, gerando um cartão elaborado pela Prefeitura e administrado por uma empresa especializada no ramo, que credenciaria os empresários da cidade.

Ao adquirir o Cartão IPTU ZERO, o cidadão acumulará créditos toda vez que comprar na cidade, desde que este comércio esteja cadastrado. Os créditos serão gerados pelo percentual de desconto oferecido pelo lojista sobre o valor de compra. Metade desses créditos poderão ser utilizados para a quitação do imposto, podendo chegar a 100% do valor; 40% poderão ser utilizados como a pessoa quiser nos estabelecimentos credenciados e 10% vai para o Fundo de Redistribuição de Renda.

Já na emissão do carnê do IPTU, será descontado automaticamente o valor acumulado durante todo o ano. Se acaso o acumulo for igual ou maior que a do IPTU, estará isento do pagamento do imposto, e se for menor, pagará apenas a diferença.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo