Alex Eduardo quer impedir corte de água para moradores acamados

O vereador Alex Eduardo (Solidariedade) sugere que a Prefeitura realize estudos junto à empresa responsável para impedir a suspensão de fornecimento de água nos imóveis onde moram pessoas enfermas em fase terminal ou acamadas, quando integrarem o cadastro único no município.

A Indicação 132/2022 tem como objetivo ajudar as pessoas com limitações que inibem ou impossibilitam capacidades físicas e mentais, além dos acamados que, de forma temporária ou definitiva, necessitam do tratamento e uso da água.

O parlamentar também pede a criação de um Restaurante-Escola, a fim de capacitar e inserir jovens no mercado de trabalho. O programa visa a capacitação profissional na área de alimentos e bebidas: os participantes poderiam aprender a servir mesas, preparar pratos e bebidas, assim como noções de cidadania, técnicas de higiene e estocagem de alimentos.

A adesão ao programa de capacitação em Libras do Governo Estadual é tema do Requerimento 112/2022. Alex acredita que, incentivando o aprendizado da língua de sinais junto aos servidores de Paulínia, o atendimento aos munícipes com deficiência auditiva será mais humanizado.

Ele ainda pede informações quanto ao atendimento emergencial às famílias (especialmente em finais de semana e/ou feriados), através de ações municipais de combate à fome e à pobreza.

[av_font_icon icon=’ue801′ font=’cmp’ style=” caption=” link=” linktarget=” size=’40px’ position=’left’ animation=” color=” id=” custom_class=” av_uid=’av-uvzpqh’ admin_preview_bg=”][/av_font_icon]MAIS DETALHES

Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Gabinete do Vereador
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo