Câmara Jovem estreia debate de propostas na 1ª Sessão Ordinária

A Câmara Jovem de Paulínia participou nesta quinta-feira (28/9) da 1ª Sessão Ordinária de 2023, para votar 38 propostas. Titulares e suplentes apresentaram ideias para diferentes setores: algumas foram aprovadas por unanimidade, outras tiveram debates e divergências.

Os temas mais discutidos envolveram distribuição de absorventes nas unidades de saúde (iniciativa da vereadora jovem Kyara Stefany Araujo de Sá), destino do Sambódromo (vereadora jovem Gabrielly Farias Silva), rede de saneamento básico (vereadora jovem Ana Paula Alves) e saídas de emergência nas escolas paulinenses (da mesma autora).

O presidente da Câmara, Edilsinho Rodrigues, parabenizou os participantes pela dedicação e pelo interesse de sugerir melhorias para Paulínia.

Também participaram da sessão os vereadores Fabio Valadão (PL), Douglas Guarita (DC), Fábio da Van (Cidadania), Helder Pereira (PL), Messias Brito (PL), Pedro Bernarde (Cidadania) e Tiguila Paes (Cidadania).

A próxima sessão ordinária deve ocorrer em novembro. Na próxima quarta-feira (4/10), os adolescentes vão visitar a Câmara Municipal de São Paulo.

CONHEÇA A PAUTA DA 1ª SESSÃO.

O PROJETO

A iniciativa teve início em 2017 e está na quarta edição, com o objetivo de formar cidadãos mais conscientes sobre o papel do Legislativo no município e no país.

A votação ocorreu em abril, com urnas e cabines cedidas pela Justiça Eleitoral. Eles foram empossados em maio e participaram de oficinas sobre o papel do Legislativo.

Participam do projeto as escolas EMEFM Maestro Marcelino Pietrobom; EMEFM Vitor Szczepanski e Souza Silva; EE Doutor Francisco de Araújo Mascarenhas; EE Padre José Narciso Vieira Ehrenberg; EE Núcleo Habitacional José Paulino Nogueira; e EMEF Professor Domingos de Araújo.

Também fazem parte os colégios Adventista de Paulínia; Anglo Paulínia; COC Paulínia e Pitágoras.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo