img 0594 20141030 1680403842

Custódio indica a criação de Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento em Paulínia

img 0594 20141030 1680403842O vereador Custódio Campos (PT), apresentou na 20ª sessão ordinária, indicação pedindo a criação do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento em Paulínia.

De acordo com a matéria, o Conselho deverá ser paritário, sendo que 50% de seus membros indicados pelo Executivo Municipal e 50%, compostos por representantes da comunidade científica, de profissionais e trabalhadores da área de ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento, de representantes de servidores públicos, de entidades patronais e sindicais. As funções de conselheiros e de assessores temporários não serão remuneradas, sendo consideradas de relevante interesse público.

Entre as competências do Conselho estão: propor e definir política municipal de ciência, tecnológica, inovação e desenvolvimento, com base no respeito à vida, saúde, dignidade humana e aos valores culturais do povo, na proteção, preservação e recuperação do meio ambiente e no aproveitamento racional dos recursos naturais e como fonte e parte integrante da política municipal de desenvolvimento; diagnosticar as necessidades e interesses em ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento do Município e indicar diretrizes e prioridades, respeitadas as características regionais, visando à aplicação racional de recursos e a garantia de acesso da população aos benefícios do desenvolvimento científico e tecnológico; analisar contratos, convênios e outros instrumentos de interesse para o desenvolvimento científico e tecnológico do município; opinar na elaboração dos projetos de lei dos planos plurianuais, das diretrizes orçamentárias e dos orçamentos anuais, em matérias relativas à ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento e outros.

Moção  – o vereador Custódio também apresentou uma moção de congratulação  com a Instituição Semente de Luz (SEDELUZ), com a professora Jacqueline e a bailarina paulinense Julia Livia, por seu desempenho e classificação na seletiva gala clássica internacional e ingresso na Escola do Teatro Bolshoi.

De 09 a 12 de outubro, Paulínia sediou a 4ª Gala Clássica Internacional, o evento revela diversos talentos. Entre os classificados deste ano Julia Lívia foi selecionada na etapa de Paulínia e em seguida na de Joinville (Santa Catarina).

A escola do Balé Bolshoi, a única fora da Rússia. Este ano, foram 45 candidatos por vaga. O que equivale aos vestibulares mais difíceis do Brasil.

“Através da seleção rigorosa e bem criteriosa as crianças entram na escola. Depois têm oito anos de estudo, uma educação de altíssima qualidade. Cerca de 70% dos alunos da escola do teatro Bolshoi trabalham na área, trabalham nas melhores companhias do mundo. Então realmente é um projeto completo, que ajuda a criança a ter uma oportunidade na vida”, afirma Pavel Karazian o supervisor do Balé Bolshoi.

 

Foto: Claudia Arantes

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo