1451445 730317820369194 8240208966828885975 n 20140822 1369239067

Durante sessão, Doutor João Mota pede mais respeito aos conselhos municipais

Vereador quer saber ainda, se haverá racionamento de água em Paulínia

1451445 730317820369194 8240208966828885975 n 20140822 1369239067Durante a 17º sessão ordinária da Câmara de Paulínia, realizada no dia 16, o vereador Doutor João Mota (PT) pediu que o poder Executivo tenha mais respeito aos conselhos municipais. No uso da palavra, o vereador lamentou a forma como o Executivo se relaciona com  os conselhos; segundo ele, o Conselho de Educação, por exemplo, foi comunicado, sem prévio aviso, que, praticamente,  estaria dissolvido, pois,  no  entender do Executivo o mandato teria expirado.

Mota ressaltou a importância dos Conselhos na participação democrática  das políticas publicas e  que mesmo se existisse dúvida, sobre a vigência do mandato da atual composição, acredita que  deveria haver continuidade até novas eleições e posse de novos Conselheiros. Citou ainda que o evento “Semana de Luta” que o Conselho das Pessoas Com Deficiência realizaria a partir do dia 21.09 corria o risco de não ocorrer, por falta de apoio do Executivo.

Ainda durante a 17ª sessão, o vereador apresentou um requerimento destinado a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e a Prefeitura Municipal de Paulínia, questionando quais as chances de haver racionamento de água em Paulínia devido a estiagem que atinge todo o estado de São Paulo. Isso porque, o Estado vem sofrendo com uma estiagem que vem batendo recordes históricos, com isso, várias cidades já adotaram o esquema de racionamento de água como forma de garantir o abastecimento para a população. Por enquanto, Paulínia é uma das poucas cidades que ainda não estão sofrendo racionamento, entretanto, a cidade também está em alerta e pede que a população economize água.

Exames em estrangeiros

O vereador apresentou também um requerimento destinado à Secretaria Municipal de Saúde pedindo informações se existe um protocolo de atendimento aos estrangeiros que estão vindo trabalhar em Paulínia. Isso porque, ocorre que em muitos países ainda existem doenças que já foram erradicadas no Brasil, assim na visão do vereador, é oportuna que se faça exames nos estrangeiros que estão vindo trabalhar em Paulínia. O objetivo é evitar a transmissão de eventuais doenças já erradicadas ou que ainda não chegaram ao país. Atualmente existem no município, estrangeiros atuando em diversas áreas; desde chineses no comércio, até haitianos no serviço de limpeza pública.

Fonte: Assessoria de Imprensa do gabinete do vereador Doutor João Mota 

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo