Edilsinho sugere mutirão para reduzir fila de consultas, exames e cirurgias

A fila de pessoas à espera de procedimentos médicos motivou o vereador Edilsinho Rodrigues (PSDB) a apresentar proposta de um mutirão da saúde, para em 30 dias realizar cirurgias, consultas e exames (Colonoscopia, Endoscopia, Mamografia, Ultrassonografia, Tomografia, Raio-X e Fisioterapia, por exemplo) de cidadãos paulinenses.

De acordo com a Indicação 1.075/2019, a espera gera o risco de agravar problemas e afeta a qualidade de vida dos pacientes, especialmente idosos. “Se a municipalidade não está conseguindo atender a demanda com quadros próprios, apesar dos seus esforços, também não se pode ficar postergando tais atendimentos em prejuízo de algo que poderá não mais se recuperar: a saúde”, afirma o autor.

O vereador ainda propôs a implantação de um programa de prevenção de saúde escolar em toda a rede de ensino municipal, para cuidar de crianças e jovens, e de um laboratório móvel de exames médicos voltados para a saúde da mulher.

Outra proposta na área da saúde é a criação de protocolo de recusa: toda vez que um cidadão não conseguir atendimento, a rede pública ficaria obrigada a dar uma certidão que justifique o motivo. Segundo Edilsinho, isso evitaria que atendentes e guardas neguem atendimento sem esclarecer o por quê nem informar os prazos para regularizar a situação.

[av_font_icon icon=’ue801′ font=’cmp’ style=” caption=” link=” linktarget=” size=’20px’ position=’left’ animation=” color=” id=” custom_class=” av_uid=’av-35ds15′ admin_preview_bg=”][/av_font_icon]

MAIS DETALHES
Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Prefeitura do Recife/
Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo