Piscinas acessíveis e censo para cadastrar autistas são propostas de Fábia

A vereadora Fábia Ramalho (PMN) solicitou a garantia de acessibilidade às pessoas com deficiência nas piscinas do ginásio de esportes Vicente Amatte. Segundo a Indicação 1.186/2019, é de fundamental importância que o poder público estude adaptações capazes de facilitar a entrada desse público na piscina, de forma segura.

“O acesso a momentos de lazer tornou-se essencial, pois traz inúmeros benefícios para a nossa qualidade de vida. No entanto, não são todas as pessoas que possuem condições de utilizar os espaços públicos de lazer e esporte”, ressalta a vereadora.

Ela também sugere um censo para o município identificar o número de autistas em Paulínia. A iniciativa, para Fábia, é fundamental para saber a quantidade de cidadãos na cidade com Espectro Autista (TEA), assim como o perfil socioeconômico desses munícipes.

A Indicação 1.188/2019 também destaca que o censo poderá nortear políticas públicas de inclusão e ações de capacitação dos profissionais que atuam diretamente com este público-alvo, sobretudo das áreas de Saúde e Educação.

Fábia pede ainda que a Prefeitura reative o Museu Municipal e cobra informações sobre o pagamento dos direitos trabalhistas dos funcionários do antigo Caco (Centro de  Ação Comunitária de Paulínia) e da AIJ (Associação pela Infância e Juventude de Paulínia), depois de atividades encerradas em 2013.

[av_font_icon icon=’ue801′ font=’cmp’ style=” caption=” link=” linktarget=” size=’20px’ position=’left’ animation=” color=” id=” custom_class=” av_uid=’av-270v3q’ admin_preview_bg=”][/av_font_icon]

MAIS DETALHES
Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Prefeitura de Paulínia/
Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo