dsc 1540 20141015 1654848444

Fiorella propõe reciclagem de papéis e jornais em órgãos públicos

Presidente sugere que material recilcado seja revertido às instiruições de caridade

dsc 1540 20141015 1654848444O papel e jornal usados em órgãos públicos antes de ir parar no lixo, poderá ter outro destino, a reciclagem. É o que propôs o presidente da Câmara Marquinho Fiorella (PP), em indicação apresentada na 19ª sessão ordinária, realizada na terça-feria, dia 14.

O presidente explica que dezenas de órgãos públicos do município inutilizam uma grande quantidade de papéis diariamente e esses poderíam iniciar um processo de reciclagem no município, revertendo tudo o que fosse arrecadado para as instituições de caridade.

O principal objetivo da indicação é sensibilizar os diversos órgãos públicos municipais para combater o desperdício do papel, estimulando assim mudanças de atitudes e hábitos em relação à disposição adequada dos resíduos gerados nas instituições.  Também reduzir o volume de lixo gerado pela instituição pública melhorando a produtividade no trabalho, com reaproveitamento de todos os papéis já utilizado, economizando assim, os recursos naturais. Contribuir cotidianamente para a preservação ambiental e melhoria da qualidade de vida. Incentivar a reciclagem de lixo, contribuindo para o aumento da vida útil dos aterros sanitários e contribuir de forma solidária com as entidades, hospitais e instituições carentes.

“Este programa, efetivamente, serve de exemplo prático para os diversos segmentos da sociedade (condomínios, hospitais, transportadoras, hotéis, etc.) quanto ao cuidado com o meio ambiente, contribuindo como exercício cotidiano de solidariedade, combate ao desperdício, além de promover uma maior consciência e responsabilidade para o alcance de um meio ambiente ecologicamente saudável”, ressalta o presidente.

Em outra indicação o vereador pede estudos visando melhorias na sinalização de trânsito da confluência da Avenida João Aranha com as Ruas Ercília Gomes Navarro e Adolffo Botasso, na Vila Nunes, como medida de segurança e prevenção no trânsito, devido ao alto índice de acidentes no local.

Na indicação nº 871, Fiorella pediu que nas informações e notícias relacionadas aos bairros do município, fornecidas através dos Semanários Oficiais e jornais da cidade, sejam colocados o nome da região à qual pertence o referido bairro, conforme Lei de Divisão Geográfica do Município nº 3265/12.  Que estabelece as regiões Central, Nordeste, Sudeste, Sul, Oeste e Noroeste.

Em primeira discussão foi aprovado o projeto de lei do presindente que  institui no calendário oficial da cidade o Dia da Empregada Doméstica a ser comemorado no dia 02 de abril.

Moção – O presidente apresentou moção de congratulação à comunidade Nossa Senhora Aparecida pela festa da padroeira realizada no dia 12. Todo ano, é tradição, no mês de outubro, por ocasião do Dia da Padroeira Nossa Senhora Aparecida, a população Paulinense se reúne na Igreja Comunidade Nossa Sra. Aparecida, no bairro João Aranha, para rezar, celebrar a padroeira, festejar e saborear as delícias comidas oferecidas. O evento é organizado por uma grande comissão de voluntários envolvidos na realização das atividades, que preparam tudo com muito carinho, empenho e dedicação. Isso é resultado da união dos fiéis. 

Foto: Claudia Arantes 

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo