Órgãos públicos devem ter balcão baixo para atender cadeirantes, diz Edilsinho

Toda a estrutura dos estabelecimentos que prestam serviços públicos deve ser pensada para facilitar ao máximo a mobilidade da população, como sinal de compromisso e respeito. É o que defende o vereador Edilsinho Rodrigues (PSDB) em pedido para a Prefeitura rebaixar balcões das recepções dos órgãos municipais, com o objetivo de atender cadeirantes.

A Indicação 141/2019 destaca que a mudança deve ocorrer principalmente no Gabinete do Prefeito, um dos locais onde o balcão ainda não é planejado para quem chega em cadeira de rodas. Edilsinho afirma que a acessibilidade deve ser prioridade no projeto arquitetônico, exigindo-se um olhar atento para as necessidades de cada um.

“O Poder Público deve se atentar para alguns detalhes, para que possa garantir mais acessibilidade para o público com necessidades especiais, dentre essas se encontra a adequação em balcões de recepções para o atendimento desse público”, afirma o vereador.

Na 4ª Sessão Ordinária, ele apresentou indicações para a criação de Mutirão da Saúde; levantamento dos pontos da cidade que sofrem enchentes; providências para incluir as escolas do município no programa “Escola + Bonita” — anunciado pelo governo estadual para revitalizar instituições de ensino —; melhorias na iluminação próxima à Escola Estadual Residencial São José; e a construção de praça de recreação no bairro Jardim Amélia, perto da quadra de futebol.


Acompanhe o andamento das propostas.

Texto: Felipe Luchete (MTB nº 56.928/SP)
Assessoria de Imprensa
imprensa@camarapaulinia.sp.gov.br
Imagens: Câmara Municipal de Paulínia

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo