5

Rota das Bandeiras atende vereador Du Cazellato e fará nova alça de acesso ao trevo de Betel

5

 

O Vereador Du Cazellato (PSDB) recebeu nesta semana a notícia de que o trevo de Betel será reformulado com a criação de uma nova alça de acesso para quem vai de Paulínia para o bairro. A notícia foi dada ao Vereador por representantes da Rota das Bandeiras, concessionária que administra a Rodovia Zeferino Vaz, durante reunião que aconteceu em seu gabinete.

Os engenheiros disseram para Cazellato que esta é uma medida paliativa, criada para acabar com os atuais congestionamentos que chegam a tomar o acostamento da rodovia para quem vai entrar para o bairro. As obras devem começar no início de maio.

Disseram que outro pedido de Du Cazellato também será atendido até o final do próximo ano, que é a construção de marginais nas duas faixas, sentido Paulínia e Campinas, que acabarão de vez com os congestionamentos no acesso ao bairro. A construção das marginais ainda depende da liberação de algumas licenças ambientais e de desapropriações.

Entenda como ficará o trevo

Será construída uma alça de acesso exclusiva para quem segue de Paulínia com sentido à Betel, onde o motorista irá passar por cima do pontilhão e acessar a nova faixa que será construída, voltar margeando a pista, passar por baixo da rodovia e entrar no bairro.

Para quem vem de Paulínia e pretende retornar deverá usar faixa que já existe, passando por baixo do pontilhão e pegando a pista sentido à cidade.

Quem vai para Campinas, não precisará ir mais até o trevo do Laranjão, pois a faixa que atualmente fica interditada embaixo do pontilhão nos horários de pico será liberada e os carros passarão por baixo da rodovia e pegarão a pista sentido Barão Geraldo.

“Há muitos anos nós estamos lutando para resolver este problema e agora, graças ao nosso empenho, a Rota das Bandeiras nos atendeu e no mês que vem irá melhorar o trevo com a criação da alça de acesso exclusiva para Betel,” disse Cazellato. “O nosso pedido de construção das marginais também será atendido. No máximo até o final do ano que vem não teremos mais congestionamentos para entrar ou sair de Betel. A obra irá beneficiar muito os moradores e empresas e isso me deixa muito feliz”, finaliza Cazellato.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo