Câmara aprova feira anual para orientar jovens sobre cursos e profissões

Os vereadores aprovaram nesta terça-feira (27/6), na 22ª Sessão Ordinária, proposta para criar a Feira de Cursos e Profissões de Paulínia. Se o projeto for sancionado pelo prefeito, o evento deverá ser promovido anualmente, em setembro.

O objetivo é oferecer palestras, orientação vocacional, panorama de profissões e encontros com diversos profissionais de destaque no mercado de trabalho. Segundo o autor da iniciativa, vereador Tiguila Paes (Cidadania), a feira poderá responder dúvidas e aproximar os jovens da cidade de um universo extenso e diversificado, criando novas perspectivas de atuação.

A Câmara também aprovou projeto para obrigar cardápios físicos nos restaurantes e demais estabelecimentos alimentícios. De acordo com o vereador Fábio da Van (Cidadania), muitos locais passaram a ter apenas cardápio com acesso por QR-Code, prejudicando quem não tem internet no celular ou enfrenta dificuldades para acessar a ferramenta.

A proposta não visa proibir a modalidade digital, mas oferecer a opção tradicional de leitura para os consumidores que quiserem.

Os vereadores ainda homenagearam Antônio Carlos Topan, dono do Restaurante Casarão, presente com a família durante a votação do título de Cidadão Paulinense. A honraria foi proposta pelo vereador Pedro Bernarde (Cidadania).

Foram apresentados 28 Requerimentos (cobrança de medidas ou informações), 9 Moções (congratulações, aplausos ou repúdios) e 58 Indicações (sugestões).

CONSULTE O RESUMO DA PAUTA

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo