Vereadores esclarecem que radares ainda não entraram em funcionamento

A instalação de radares em Paulínia foi tema de debates na 38ª Sessão Ordinária da Câmara, nesta terça-feira (7/11). Vereadores informaram que haverá equipamentos em pontos da cidade, porém será feita divulgação antes de começar o registro de infrações.

Assim, diferentemente do que circulam em redes sociais, ninguém foi multado por esse sistema.

O vereador Cícero Brito (MDB) defendeu a importância de fiscalizar o trânsito, após frequentes derrubadas de postes, lesões a pedestres e até vítimas fatais.

O vereador Fabio Valadão (PL) negou uma suposta “indústria da multa” e disse que basta aos motoristas seguirem a velocidade permitida e outras normas. Segundo ele, ainda não há prazo para os radares começarem a funcionar, porque ainda serão avaliados pelo Inmetro.

O Plenário ainda aprovou honrarias a cidadãos da cidade (iniciativas do vereador Douglas Guarita-DC) e homenageou atletas: time feminino de Futsal “As Crias”, pela vitória no Campeonato Amadorzão 2023; e Kauhê Anastácio Costa Batista de brito, 1º lugar na categoria peso pena na Copa Origem de Jiu-Jitsu em Araras (propostas de Fábio da Van-Cidadania).

Foram apresentados 29 Requerimentos (cobrança de medidas ou informações), 9 Moções (congratulações, aplausos ou repúdios) e 57 Indicações (sugestões).

CONSULTE O RESUMO DA PAUTA.

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo