Espaços públicos devem ter equipamento para emergência cardíaca, diz Douglas

O vereador Douglas Guarita (DC) propõe que todos os centros públicos tenham desfibriladores externos automáticos (DEA), dispositivos médicos de fácil uso que podem desempenhar um papel crucial em situações de emergência cardíaca, como paradas súbitas.

Ele ressalta os benefícios do equipamento: acesso rápido à assistência médica, facilidade de uso (eles fornecem instruções passo a passo por meio de áudio e vídeos, permitindo que qualquer pessoa saiba como utilizá-los), tempo de resposta instantâneo, custo benefício e preparação para emergências em massa (desastres naturais ou eventos esportivos).

Outra ideia do vereador é o “Parcão”, um parque exclusivo para cães. A iniciativa se trata de um espaço seguro e controlado, onde os animais de estimação podem socializar, brincar e gastar energia de maneira saudável.

Douglas também sugere reforma do Ginásio Poliesportivo do bairro Monte Alegre e indica linha de ônibus que atenda os seguintes bairros: João Aranha, Parque da Represa, Parque dos Servidores, Cooperlotes e Bom Retiro. Além disso, questiona a falta de rede de esgoto no final da rua Simon Pedro Soldeira.


A proposta está em sintonia com o ODS 3 – Saúde e Bem-Estar. ODS são Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, uma agenda mundial que estabelece ações em áreas importantes como erradicação da pobreza, saúde, educação, igualdade de gênero e redução das desigualdades.


Imagem: Prefeitura de Resende

Texto: Lara Santana (Estagiária)

Compartilhar essa postagem


Pular para o conteúdo